31.3.10

Dança para crianças

Para ler p. f. clicar sobre a imagem. Obrigada.

18.3.10

17.3.10


Jornal de Notícias . 17 de Março de 2010. Para ler clicar na imagem, por favor.

15.3.10

Jornal Público, 13 de Março de 2010.


Jornal de Notícias e semanário Expresso ( revista Actual) de 13 de Março de 2010.
Para ler clicar sobre as imagens.

A HISTÓRIA DA ARANHA LEOPOLDINA













Fotografias de Sara Moutinho. Espectáculo em cena até 21 de Março.

11.3.10

O Primeiro de Janeiro - 9 de Março de 2010.

Reposição da peça para crianças baseada num livro de Ana Luísa Amaral


Fotografia de Ana Pereira


“A HISTÓRIA DA ARANHA LEOPOLDINA”

Reposição da peça para crianças baseada num livro de Ana Luísa Amaral

O Serviço Educativo (SE) do Teatro do Campo Alegre, promovido pela Câmara Municipal do Porto através da Fundação Ciência e Desenvolvimento volta a apresentar o espectáculo de teatro para maiores de 4 anos “A história da aranha Leopoldina”, com texto de Ana Luísa Amaral.

Este espectáculo, encenado por João Cardoso, foi concebido pela Assédio em resposta a um desafio do SE, e foi pensado propositadamente para famílias, crianças e escolas.

Leopoldina é uma aranha pequenina que, em vez de fazer teias, gosta de tecer meias às riscas. Esta excentricidade deixa todos os seus amigos consternados, que não vêem nela qualquer utilidade. Mas apesar de tudo, Leopoldina persiste. E, no final de contas, talvez a utilidade não seja uma questão tão simples como parece à primeira vista.

Tendo estado em cena no Teatro do Campo Alegre em Abril de 2009, “A história da Aranha Leopoldina” regressa agora entre 14 e 21 de Março, no seguinte horário:

14, 20 e 21 de Março às 16H00.

15, 16, 17, 18 e 19 de Março às 10H30 e 15H00 para público escolar, mediante marcação prévia.

Dia 13 de Março, às 16h00, será lançado um áudio livro pela Editora Civilização em resultado deste espectáculo.

A História da Aranha Leopoldina

Texto: Ana Luisa Amaral

Encenação: João Cardoso

Interprete: Rosa Quiroga

Música: Clara Ghimel

Arranjos musicais e sonoplastia: Nuno Aragão

Coros: Sissa Afonso e Nuno Aragão

Produção: Fundação Ciência e Desenvolvimento/TCA (financiada pela Câmara Municipal do Porto) e Assédio.